Planeta Global

Domingo, 8 de Dezembro de 2019

Empoderar mulheres e promover a equidade de gênero em todas as atividades sociais e da economia são garantias para o efetivo fortalecimento das economias, o impulsionamento dos negócios, a melhoria da qualidade de vida de mulheres, homens e crianças, e para o desenvolvimento sustentável.

Ciente do papel das empresas para o crescimento das economias e para o desenvolvimento humano, a ONU Mulheres e o Pacto Global criaram os Princípios de Empoderamento das Mulheres. Os Princípios são um conjunto de considerações que ajudam a comunidade empresarial a incorporar em seus negócios valores e práticas que visem à equidade de gênero e ao empoderamento de mulheres.
Conheça os sete Princípios de Empoderamento das Mulheres:

1. Estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero, no mais alto nível.

2. Tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho, respeitando e apoiando os direitos humanos e a não-discriminação.

3. Garantir a saúde, segurança e bem-estar de todas as mulheres e homens que trabalham na empresa.

4. Promover educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres.

5. Apoiar empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento das mulheres através das cadeias de suprimentos e marketing.

6. Promover a igualdade de gênero através de iniciativas voltadas à comunidade e ao ativismo social.

7. Medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero.

 


Em parceria com a Maurício de Souza Produções, a ONU Mulheres faz assessoramento técnico ao projeto Donas da Rua, da Turma da Mônica, para o empoderamento de meninas.

Empoderamento Econômico das mulheres por meio de suas cadeias de valor:

Coca-Cola Brasil – por meio de aliança global entre a Coca-Cola e a ONU Mulheres, no Brasil, a parceria resultou na capacitação de 22 mil mulheres e 13 mil homens de comunidades de baixa renda que perpassam a cadeia de valor da empresa – empreendedorismo, reciclagem e varejo – sobre igualdade de gênero, empoderamento das mulheres e direitos humanos. Também colocou na agenda o tema sobre adoção de princípios de igualdade de gênero nas políticas de compras das empresas para privilegiar negócios liderados por mulheres.

Com o Instituto Lojas Renner, a ONU Mulheres desenvolve o projeto Empodera, para promover a igualdade de gênero em toda a sua cadeia de valor, incluindo colaboradores, fornecedores e a sociedade em geral, por meio de investimentos financeiros no empreendedorismo de mulheres. Nesta parceria, também desenvolve ações para empoderar economicamente mulheres refugiadas na cidade de São Paulo.

Em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), a ONU Mulheres trabalha, ainda, na realização de ações e atividades de incentivo a associações e redes que fomentam o empreendedorismo de mulheres. Outros parceiros, como o SESI-PR, têm apoiado em ações que visam a dar suporte à implementação dos Princípios de Empoderamento das Mulheres nas empresas brasileiras.