Planeta Global

Domingo, 25 de Agosto de 2019

Miss World 2018, @vanessaponcedeleon sobre a Tailândia: - ."Tailândia me ensinou muito. Primeiro: respeito, toda vez que alguém entra em uma sala, os tailandeses dizem “Sawatdikha” e se curvam com as palmas das mãos juntas. Pode parecer uma saudação simples, mas parecia muito mais, parecia um ritual de reconhecimento, como se eles reconhecessem a existência um do outro e, portanto, o respeitassem. Os tailandeses nunca julgaram, aceitam a sua existência ... assim como você é. Segundo: perfeição culinária. Todos os sabores e texturas podem estar juntos em um prato e é incrível! Picante, azedo, crocante, doce ... mais por favor. Terceiro: gratidão, a palavra mais usada na língua tailandesa é “kap khun kha”, que significa obrigado e eles se curvam novamente. Eu nunca ouvi uma pessoa reclamar na Tailândia, mesmo em stress ou raiva, eles sempre disseram obrigado, eles realmente apreciam o tempo que você dá ouvindo-os, eles valorizam o seu conselho e tentam colocar-se no seu lugar. E último: liberdade. Tailândia significa “terra do povo tailandês” e “tailandês” livre ou não conquistado. Eles são a nação que nunca foi conquistada, eles se constroem em um grande país rico em história, cultura e bondade para com o outro. Então kap khun kha Tailândia, eu estarei aí."

5 MAIORES CONCURSOS DO PLANETA


#MW um belo rosto, realeza, elegância, oratória, trabalho social, dedicação. Essas são algumas das palavras, que para mim, representam esse certame. O Miss World, o mais velho dos concursos, não leva em conta seu corpo, mas já teve avaliação do mais belo, ele quer uma Miss completa, onde ser "mais bela por dentro" vale mais. Mas não esqueça que é um concurso de beleza, e nos últimos anos os "mais belos rostos" vem levando a coroa. Não é um concurso midiático, mas tem o maior número de países participantes. Trabalho voluntário, pensando no próximo, é o lema principal. Misses vencedoras carregam vestidos de cores claras, tem um glamour equilibrado, e não mostram mais que a elegância da miss.


#MU o mais conhecido, o segundo mais velho, o mais midiático, esse certame é visto pelo planeta inteiro, tem uma nação de fãs, e é o mais comentado e esperado. Glamour, passarela marcante, fotogênia, oratória, corpo em forma, beleza por completo e o desenrolar faz uma candidata ganhar a coroa mais disputada. Se já tentou mudar o "padrão", não deu certo, são mais de 60 anos de tradição, onde mulheres se dedicam ao seu corpo, pele, e preparo psicológico. É de ampla concorrência. Mede 1,70, mas cresce numa passarela e sabe se comunicar? Você tá dentro. E não esqueça, levar sua essência, isso é importante também.


#MGI o mais novo dos cinco, mas o terceiro maior. É uma mistura de World e Universo, com sua própria personalidade. É glamouroso e equilibrado, tem um grande trabalho social, mas pede uma miss no padrão. A oratória é um grande desempate, se você fala mais que sua língua e o inglês, melhor ainda! Quer algo novo e bom? Aqui está! O Miss Grand é organizado e bem planejado. Quer corpo e dedicação, beleza e comprometimento, elegância e humildade.Não cumpre com o que o título de exige, tá fora! Eles amam suas misses, e melhor ainda, evoluem ela!


#MI o terceiro mais velho, o quarto maior, esse certame é uma incógnita, não tem um perfil único, mas é simples, no meu olhar, pede uma miss elegante, porém neutra. Tem grandes exageros em acessórios ou pisa na passarela? Mude! Mas uma das suas grandes exigências é ter uma ótima oratória, mesmo que não seja um quesito tão avaliado na coroação final, até por que isso vem sendo avaliado durante todo confinamento.Seja coerente, educada, sorridente, não se esconda nos cabelos, use cores claras e roupas que exponham sua personalidade, mas com cuidado. E uma das grandes características que sempre estiveram nas últimas vencedoras, seja humilde!


#MS é um show. Literalmente! Esse certame pede uma miss disposta, sorridente, dedicada, fotogênica e carismática. Assim como o Universo e Grande, quer um bom corpo e uma boa oratória, e se isso for desempatar entre a mais bela e a mais ou menos, vence a mais ou menos! Entre na onda do show deste concurso, se for para fazer estrelinhas no ar, faça. Seja autêntica! Eles querem misses dispostas, sem vergonha de usar a coroa deles.

 

Miss Mundo é o mais antigo concurso internacional de beleza, criado em 1951 no pelo britânico Eric Morley. Assim como os seus principais concorrentes, Miss Universo, Miss Internacional e Miss Terra, é um dos mais populares concursos de beleza do mundo. Sediado em Londres, onde as vencedoras residem durante o ano de seus reinados, o concurso atualmente é dirigido por Julia Morley. 

 

Televisionado globalmente para milhões de espectadores a cada edição, é dedicado a promover a paz e as diferenças e interações culturais, desde sua criação o concurso é responsável por levantar mais de 250 milhões de libras esterlinas para caridade infantil. A marca é franqueada a mais de 130 países, em muitos dos quais há concursos nacionais exclusivos para a escolha da representante ao concurso global. 

 

Em 1959, a BBC começou a transmitir o concurso o que aumentou sua popularidade, fazendo que nas duas décadas seguintes, ele fosse o programa anual de maior audiência na TV britânica, com 30 milhões de espectadores no seu auge. Em 1972 a competição lançou o lema "Beauty With a Purpose" (Beleza com um propósito) adicionando testes de inteligência e personalidade para as candidatas de cada edição. 

 

Minha visão sobre o Miss Brasil em 10 passos

Nunca pensei que o Miss Brasil pudesse se tornar algo tão escancaradamente teatral.

1. O "Polishop Card", que levou a vencedora de um tutorial de maquiagem, sem escala, ao top 5, foi um verdadeiro desrespeito com as demais candidatas, que diferente desta que pode "passear" pela competição sem às pressão costumeira, tiveram que dar o sangue para avançar etapa por etapa.

2. Os jurados abrindo suas predileções ao vivo. Foi o mesmo que voto aberto. Aí pergunto: Como uma menina ainda teria ânimo de seguir com firmeza na competição ciente de que ela estaria ali apenas para brigar, no máximo, por um segundo lugar? Podem falar o que quiser do Alexandre Herchcovitch, mas ele foi o mais sensato da noite ao dizer que não iria declarar suas favoritas por "não achar certo".

3. Sobre o top 15:
* DF e SE - Mereciam ter ido ao top 10.
* RR - Linda e justa a classificação desta moça, especialmente por quebrar um jejum de 15 anos sem que o estado se classificasse no nacional.
* PR e PB pararam onde deviam. PR foi a zebra da noite, jamais imaginei que se classificaria.

4. Sobre o top 10:
*PI e TO - Únicas que mereceram chegar ao top 10. PI, inclusive, merecia ter ido ao top 5 no lugar de RN.
*AM, SC e ES - Deveriam ter parado no top 15. AM para mim nem deveria ter se classificado.

5. Sobre o top 5:
*RN - A arrastada da noite. Com o corpo que apresentou no SS me perguntei como conseguiu se classificar. Vê-la sendo arrastada top a top até chegar as finalistas foi algo impossível de compreender. Detalhe, ela mesma parecia não acreditar no que estava vivendo.

*RS - Calou a boca de todos aqueles que efusivamente tentaram denegrir a sua imagem e questionar sua postura no confinamento. Apresentou uma passarela clássica, leve e que em muito se assemelhou a de Gabriela Markus. Uma marca de sua personalidade. Foi traída pela oratória, infelizmente. Mesmo assim, levou o RS de volta ao top 5 com louvor, alcançando um resultado muito superior ao de Leonora Weimer, não apenas sua antecessora como também a sua titular em 2018.

6. Sobre o top 3:
*SP - Previsível e justo. Deu a melhor resposta do top 5. Fez uma apresentação constante, sem erros.

*CE - Fez um concurso perfeito. É belíssima e imprimiu seu DNA na passarela. Pela resposta que deu no top 5 não sei se deveria ter ido ao top 3, mas já que foi, por beleza, merecia vencer.

7. Sobre a vencedora:
*MG - Era franca favorita desde sempre, quer pela sua oratória (a melhor em anos), quer pela sua vasta experiência em concursos, especialmente os internacionais onde sempre figurou no top 5. Sua vitória era prevista, mas não precisava ter tido um caminho tão visivelmente facilitado. Tem uma beleza mediana e comum, mas indiscutivelmente consegue compensar isso com uma excelente oratória e presença de palco. Não acredito em um bom resultado no MU, mas gostaria que ela calasse a minha boca.

8. Sobre a despedida da Miss Brasil 2018:
Lamentável ver o quanto a Mayra decaiu de sua eleição a sua despedida, diferentemente de suas antecessoras que melhoraram ainda mais com o tempo. Estava visivelmente acima do peso.

9. Sobre a apresentação de Cássio Reis acompanhado das Misses Brasil da Polishop Era:
Cássio Reis sempre um excelente apresentador e um verdadeiro gentleman com as candidatas. Para quem viveu a era Gaeta e teve que aturar a Nayla Micherif e suas gafes por anos, ter um Cássio Reis é uma baita evolução. Sobre as misses có-apresentadoras, apenas Marthina e Monalisa realmente tem o dom da palavra e o carisma que se espera em frente às câmeras. Mayra e Raíssa foram de dar dó, mas isso também estava no script.

10. Atrações musicais:
Adorei a abertura ao som de Aquarela do Brasil, na voz de Gal Costa acompanhada da banda da Escola de Samba Unidos do Tucuruvi. Esta música traduz muito do que somos e onde vivemos. Escolha mais que acertada. Demais atrações foram bem medianas, para não dizer fracas.

 

PARABÉNS PELA ANÁLISE, COMENTANDO: 1- Concordo 100%, vergonha dar este destaque pra maquiagem, 2- Ridículo perguntar favoritas aos jurados, estavam ali pra votar, 3- Ok sobre Top 15, em especial DF, 4- do Top 10 concordo em tudo, mas PI pra mim Top 3 no lugar da vencedora, 5- De acordo total sobre RS e RN, 6- Concordo tb CE campeã e SP vice, 7- não vai calar sem chance nenhuma no MU, fraca e não ganhou nem MBM ou Miss Turismo, imagina pretender suceder Catriona piada, 8- sim decadência grande da Mayra, 9- ideia boa das 4 apresentando Mona e Marthina melhores, Raissa é linda mas o penteado ontem foi bizarro, do Cássio discordo já deu o que tinha que dar faz tempo, chato e pretensioso, 10- sim só salvou aquarela com escola de samba podem até repetir,. Abraços. MPN